Gambá-de-orelha-branca

Informações do animal

Nome: Gambá-de-orelha-branca
Nome científico: Didelphis albiventris
Nomes populares: gambá

Característica

 

TAMANHO: Pode atingir 50 cm de comprimento sem contar a cauda, quase do mesmo tamanho, pescoço grosso, focinho alongado e pontudo, membros curtos e cauda preênsil, tem pelo só  na base, tendo pequenas escamas revestindo a parte restante. Sua pelagem è bastante variada  muito, indo do branco ao negro e passando por todas as tonalidades de cinza. A fêmea possui um marsúpio bem desenvolvido, ao contrário de outros da mesma família, que só tem 2 dobras ventrais abertas.
 

Alimentação

 

Alimenta-se praticamente de tudo, de frutos a pequenos vertebrados, ovos e filhotes de pássaros, moluscos, crustáceos, e nas cidades procura restos de alimentos em latas de lixo. 

Reprodução

 

 O gambá tem hábito solitário, mas na época da reprodução, eles formam casais e constroem ninhos com folhas  em buracos de árvores. A gestação dura de doze a catorze dias, os filhotes de dez a quatorze nascem prematuros, com um centímetro de comprimento,  vão acabar de se desenvolver no marsúpio Os gambás podem reproduzir-se três vezes durante o ano.

Hábitos

 

Seus hábitos são noturnos. É encontrado no Brasil inteiro. Vive em vários ecossistemas, habitando capoeiras, capões, banhados, matas e áreas de lavoura, além de se adaptar muito bem à zona urbana, onde encontra seu alimentação em meio aos dejetos domésticos.

Distribuição Geográfica

 

Em Brusque, 02 de novembro de 2010.

 

Existem registros deste animal nas seguintes cidades:

Sem localização (2)
Registro mais recente: 25/11/2012

Curiosidades

 

O nome popular, gambá, originou-se da língua tupi-guarani, onde "gã'bá" ou "guaambá", corresponde a um seio oco, ou seja, uma referência ao marsúpio.

Dados Científicos

Classificação científica:

FILO: Chordata
ORDEM: Marsupialia
FAMÍLIA: Didelphidae
NOME CIENTÍFICO: Didelphis albiventris

Mais nomes

gambá

Ocorrências