Pinguim-de-magalhães

Informações do animal

Nome: Pinguim-de-magalhães
Nome científico: Spheniscus magellanicus
Nomes populares: pinguim.

Característica

 

Tamanho: mede de 65 a 75 centímetros de comprimento, pesa de 4,5 a 6 kilos. Não apresenta dimorfismo sexual.

Alimentação

 

Alimenta-se de peixes, lulas, krill e outros crustáceos.

Reprodução

 

 Os pinguins-de-magalhães formam casais monogâmicos, nidificam em grandes colônias na costa da Patagônia, Argentina, Chile e Ilhas Malvinas. Os ninhos são construídos no chão à superfície ou em pequenas tocas. A fêmea põe dois ovos brancos que levam entre 39 a 42 dias a incubar. O casal se revesa para alimentar os filhotes.

Hábitos

 

Ave marinha, que no inverno austral, migra e pode ser vista no litoral Catarinense.

Distribuição Geográfica

 

Em Porto Belo, 03 de julho de 2012.

Em Jaguaruna, 09 de julho de 2012.

 

Existem registros deste animal nas seguintes cidades:

Registro mais recente: Em Porto Belo - 10/07/2012

Curiosidades

 

Alguns pinguins, provavelmente jovens não possuem sentido de orientaçao bem definido, quando  entrão no mar em busca de alimento, perdem-se com facilidade, acabam pegando carona com uma corrente de água fria chamada corrente de Falkland, ela se desloca do sul para o norte, e alguns destes jovens podem parar até na Bahia. Os pinguins possuem  uma camada de óleo nas penas, que as torna impermeáveis. O calor pode derreter esta oliosidade, isto dificulta sua natação, e que consiga se proteger do frio, esta é umas das causas que acaba matando os pinguins.

Dados Científicos



Classificação Científica:
 

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Sphenisciformes
Família: Spheniscidae, Bonaparte, 1831
Espécie: S. magellanicus
Nome Científico: Spheniscus magellanicus, (Forster, 1781)
Nome em Inglês: Magellanic Penguin

 

Mais nomes

pinguim.

Ocorrências