Saracura-três-potes

Videos deste animal     (1)

Informações do animal

Nome: Saracura-três-potes
Nome científico: Aramides cajanea

Característica

 

Tamanho: mede de 33 a 40 centímetros, pesa de 350 a 446 gramas.

Alimentação

 

Alimenta-se de brotos, invertebrados e pequenos vertebrados apanhados no chão, entre as folhas da mata, no brejo ou em água rasa.

 

Reprodução

 

 Os  ovos são brancos com manchas marrons, normalmente 4. Os filhotes são negros com a cabeça avermelhada

Hábitos

 

Vive no interior e bordas de florestas, zonas arbustivas com áreas alagadas.

Distribuição Geográfica

 

Em Joinville, 18 de agosto de 2012.

Em Balneário Camboriú, 20 de outubro de 2012.

 

Existem registros deste animal nas seguintes cidades:

Registro mais recente: Em Joinville - 26/10/2013

Curiosidades

 

Segundo a tradição dos índios coroados no Rio Grande do Sul, muito tempo atrás houve um dilúvio que cobriu inteiramente a terra de seus antepassados, restando apenas o cume da Serra do Mar.
Muitos índios, de várias nações, lançaram-se na água para alcançar este ponto e somente os coroados conseguiram completar a façanha, ficando alguns no chão e outros nas árvores, porque não havia espaço para todos. Passaram-se muitos dias sem que as águas baixassem, até que ouviram o canto das saracuras e notaram que elas traziam terra nos bicos e a despejavam na água, que começava a recuar. Os índios passaram a incitar as aves, pedindo que trabalhassem mais rápido ou eles morreriam.
Em breve, estendia-se uma planície, para onde foram os índios, exceto os que estavam nas árvores, que foram transformados em macacos. Como as saracuras começaram o aterro pelo lado onde nasce o sol, os rios desta região da costa desembocam todos no grande rio Paraná.
 

Dados Científicos

 

Classificação Científica:
 

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Gruiformes
Família: Rallidae, Rafinesque, 1815
Espécie: A. cajanea
Nome Científico: Aramides cajanea, (Statius Muller, 1776)
Nome em Inglês: Gray-necked Wood-Rail