Bicudinho-do-brejo

Informações do animal

Nome: Bicudinho-do-brejo
Nome científico: Stymphalarnis acutirostris

Característica

Mede aproximadamente 15 centímetros. Apresenta dimorfismo sexual. O macho tem o lado dorsal marrom, o lado ventral cinza escuro, a cauda preta e asas com faixas brancas. Exibe uma distinta área cinza escura no pescoço, na face e no peito. A fêmea é semelhante ao macho, mas com o lado ventral estriado de branco e preto.

Alimentação

Come insetos e artrópodes capturados na vegetação baixa.

Reprodução

Em casal ou em pequenos grupos familiares, vive na vegetação que margeia banhados litorâneos.

Hábitos

Em casal ou em pequenos grupos familiares, vive na vegetação que margeia banhados litorâneos.

Distribuição Geográfica

Fotografado em 07/09/2010, em Paulo Lopes, um dia antes do registro participei de uma audiência pública na cidade onde um grupo de pessoas preocupadas com o meio ambiente, questionavam a mudança do plano diretor da cidade para beneficiar uma empresa que vai contruir em uma A.P.P. as margens da lagoa chamada de Gamboa, PERIGO FOI NESTE LOCAL QUE FOTOGRAFEI O BICUDINHO DO BREJO, pode ser uma população isolada que vai ser extinta antes mesmo de ser descoberta.Tudo pelo CAPETALISMO!!!!

Em Paulo Lopes, 06 de novembro de 2012. 

 

Existem registros deste animal nas seguintes cidades:

Laguna (2)
Sem localização (3)
Registro mais recente: 17/01/2014

Curiosidades

É uma espécie nova, recém-descoberta. Até o momento só há registros nos banhados da região meridional litorânea do Paraná, do nordeste de Santa Catarina e no interior do estado de São Paulo, em Mogi das Cruzes.

Observações do autor – Fotografei este pássaro em 07 de setembro de 2010 na cidade catarinense de Paulo Lopes, um dia antes de participar de uma audiência pública na qual um grupo de pessoas preocupadas com o meio ambiente questionava a mudança do plano diretor do município para beneficiar uma empresa que planejava construir em uma Área de Preservação Permanente (APP), às margens da lagoa chamada de Gamboa. Foi justamente neste local que fotografei este pássaro, que pode fazer parte de uma população isolada com risco de ser extinta na região.

 

Dados Científicos


Classificação Científica:

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
SubOrdem: Tyranni
Parvordem: Thamnophilida
Família:  Thamnophilidae , Swainson, 1824
Subfamília: Thamnophilinae , Swainson, 1824
Espécie: S. acutirostris
Nome Científico: Stymphalornis acutirostris, Bornschein, Reinert & Teixeira, 1995
Nome em Inglês: Parana Antwren
 

Ocorrências