Baitaca

Videos deste animal     (1)

Sons deste animal

  1. Baitaca

Informações do animal

Nome: Baitaca
Nome científico: Pionus maximiliani
Nomes populares: maitaca-verce, maitaca, maitaca-bronseada.

Característica

Mede de 25 a 30 centímetros e pesa de 233 a 293 gramas. Tem a plumagem de coloração predominante verde, cabeça e pescoço com escamado escuro, bico amarelado, asas verdes e crisso vermelho. Abaixo do pescoço tem uma faixa roxa.

Alimentação

Come frutas, sementes, brotos, folhas, flores e botões e néctar de flores grandes, movendo-se acrobaticamente na vegetação. Às vezes é encontrada em centros urbanos.

Alimentação – Come frutas, sementes, brotos, folhas, flores e botões e néctar de flores grandes, movendo-se acrobaticamente na vegetação. Às vezes é encontrada em centros urbanos.

 

Reprodução – Costuma nidificar em buracos de troncos, rochas e barrancos. Afofa seus ninhos com penas da fêmea e madeira raspada. O seu período de reprodução é de setembro a fevereiro. Bota de três a cinco ovos brancos. A incubação dura 26 dias e os filhotes permanecem na cavidade ninho por cerca de 50 dias.

Hábitos – Ocorre em grandes bandos nas bordas da Mata Atlântica e mata de araucária.

 

Observações do autor – É um psitacídeo não muito cobiçado por gaioleiros porque consegue imitar a fala humana. Para alguns agricultores é considerada uma praga. Quando em grandes bandos, produzem muitos estragos em plantações de milho, por exemplo.

Reprodução

Costuma nidificar em buracos de troncos, rochas e barrancos. Afofa seus ninhos com penas da fêmea e madeira raspada. O seu período de reprodução é de setembro a fevereiro. Bota de três a cinco ovos brancos. A incubação dura 26 dias e os filhotes permanecem na cavidade ninho por cerca de 50 dias.

Reprodução – Costuma nidificar em buracos de troncos, rochas e barrancos. Afofa seus ninhos com penas da fêmea e madeira raspada. O seu período de reprodução é de setembro a fevereiro. Bota de três a cinco ovos brancos. A incubação dura 26 dias e os filhotes permanecem na cavidade ninho por cerca de 50 dias.

Hábitos – Ocorre em grandes bandos nas bordas da Mata Atlântica e mata de araucária.

 

Observações do autor – É um psitacídeo não muito cobiçado por gaioleiros porque consegue imitar a fala humana. Para alguns agricultores é considerada uma praga. Quando em grandes bandos, produzem muitos estragos em plantações de milho, por exemplo.

Hábitos

Ocorre em grandes bandos nas bordas da Mata Atlântica e mata de araucária.

Distribuição Geográfica

Janeiro/2011.

 

Existem registros deste animal nas seguintes cidades:

Sem localização (1)
Registro mais recente: Em Brusque - 23/10/2013

Curiosidades

Observações do autor – É um psitacídeo não muito cobiçado por gaioleiros porque consegue imitar a fala humana. Para alguns agricultores é considerada uma praga. Quando em grandes bandos, produzem muitos estragos em plantações de milho, por exemplo.

Observações do autor – É um psitacídeo não muito cobiçado por gaioleiros porque consegue imitar a fala humana. Para alguns agricultores é considerada uma praga. Quando em grandes bandos, produzem muitos estragos em plantações de milho, por exemplo.

 

Dados Científicos


Classificação Científica:

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Psittaciformes
Família:  Psittacidae
Rafinesque, 1815
Espécie: P. maximiliani
Nome Científico: Pionus maximiliani, (Kuhl, 1820)
Nome em Inglês: Scaly-headed Parrot
 

Mais nomes

maitaca-verce, maitaca, maitaca-bronseada.

Ocorrências