Borboletinha-do-mato

Informações do animal

Nome: Borboletinha-do-mato
Nome científico: Phylloscartes ventralis

Característica

Mede aproximadamente 12 centímetros. Tem plumagem dorsal de cor ocre-olivácea, curta faixa superciliar branca, uma faixa escura do bico através dos olhos até a região auricular, estria malar escura, duas faixas nas asas amarelas, lado ventral amarelo com o peito levemente mais ocráceo.

Alimentação

Come principalmente insetos.

Reprodução

Constrói um ninho fechado, muito bem camuflado.

Hábitos

Vive no interior e na borda das florestas situadas no alto das serras. Acompanha bandos mistos pelo subdossel e pelo estrato médio. Tem hábitos migratórios. É mais visível em Santa Catarina no verão.

Distribuição Geográfica

Em Agua Doce, 02 de outubro de 2013.

 

Existem registros deste animal nas seguintes cidades:

Sem localização (6)
Registro mais recente: Em Agua Doce - 26/10/2013

Curiosidades

Observação do autor – Costuma ser confundida com a maria-da-restinga (Phylloscartes kronei). É mais fácil distingui-las pela região. O pássaro borboletinha-do-mato prefere a região interior e o outro a região mais litorânea.

 

Dados Científicos

 


Classificação Científica:

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
SubOrdem: Tyranni
Parvordem: Tyrannida
Superfamília: Tyrannoidea Vigors, 1825
Família: Rhynchocyclidae, Berlepsch, 1907
Subfamília: Pipromorphinae Wolters, 1977
Espécie: P. ventralis
Nome Científico: Phylloscartes ventralis, (Temminck, 1824)
Nome em Inglês: Mottle-cheeked Tyrannulet

 

Ocorrências