Bem-te-vi

Videos deste animal     (1)

Sons deste animal

  1. Bem-te-vi

Informações do animal

Nome: Bem-te-vi
Nome científico: Pitangus sulphuratus

Característica

Mede entre de 22 e 26 centímetros e pesa de 54 a 79 gramas. Tem peito e ventre amarelos, dorso marrom, garganta branca, máscara negra, faixa branca que divide a parte superior da cabeça negra que esconde um topete amarelo.

Alimentação

Lagartas, abelhas, marimbondos, borboletas, mariposas, grilos, gafanhotos, crustáceos e pequenos vertebrados como peixes, pererecas e filhotes e ovos de outras aves, além de vários frutos como pitangas, maças e laranjas.

Alimentação – Lagartas, abelhas, marimbondos, borboletas, mariposas, grilos, gafanhotos, crustáceos e pequenos vertebrados como peixes, pererecas e filhotes e ovos de outras aves, além de vários frutos como pitangas, maças e laranjas.

 

Reprodução – Constrói seu ninho em galhos de árvores com material vegetal, mas pode utilizar também objetos de origem humana. A postura é de dois a quatro ovos de cor creme manchados de marrom-avermelhado.

 

Hábitos – Habita bordas de florestas, áreas abertas, zonas arbustivas, várzeas e ambientes aquáticos com vegetação. Adapta-se também a ambientes urbanos. Vive solitário, ocasionalmente em pequenos grupos. Muito territorialista, é agressivo, inclusive com aves maiores como urubus e gaviões.

 

Curiosidade – Ave símbolo da cidade de Timbó, Santa Catarina.

Diz uma lenda que o bem-te-vi, que sabe de tudo, costuma também anunciar visitas. Pergunta-se: ─ O que tu viste? Se ele responder imediatamente, é visita de homem; se demorar, é mulher que vem.

 

 

.

Reprodução

Constrói seu ninho em galhos de árvores com material vegetal, mas pode utilizar também objetos de origem humana. A postura é de dois a quatro ovos de cor creme manchados de marrom-avermelhado.

Reprodução – Constrói seu ninho em galhos de árvores com material vegetal, mas pode utilizar também objetos de origem humana. A postura é de dois a quatro ovos de cor creme manchados de marrom-avermelhado.

 

Hábitos – Habita bordas de florestas, áreas abertas, zonas arbustivas, várzeas e ambientes aquáticos com vegetação. Adapta-se também a ambientes urbanos. Vive solitário, ocasionalmente em pequenos grupos. Muito territorialista, é agressivo, inclusive com aves maiores como urubus e gaviões.

 

Curiosidade – Ave símbolo da cidade de Timbó, Santa Catarina.

Diz uma lenda que o bem-te-vi, que sabe de tudo, costuma também anunciar visitas. Pergunta-se: ─ O que tu viste? Se ele responder imediatamente, é visita de homem; se demorar, é mulher que vem.

 

 

.

Hábitos

Habita bordas de florestas, áreas abertas, zonas arbustivas, várzeas e ambientes aquáticos com vegetação. Adapta-se também a ambientes urbanos. Vive solitário, ocasionalmente em pequenos grupos. Muito territorialista, é agressivo, inclusive com aves maiores como urubus e gaviões.

.

Hábitos – Habita bordas de florestas, áreas abertas, zonas arbustivas, várzeas e ambientes aquáticos com vegetação. Adapta-se também a ambientes urbanos. Vive solitário, ocasionalmente em pequenos grupos. Muito territorialista, é agressivo, inclusive com aves maiores como urubus e gaviões.

 

Curiosidade – Ave símbolo da cidade de Timbó, Santa Catarina.

Diz uma lenda que o bem-te-vi, que sabe de tudo, costuma também anunciar visitas. Pergunta-se: ─ O que tu viste? Se ele responder imediatamente, é visita de homem; se demorar, é mulher que vem.

 

 

.

Distribuição Geográfica

 

Em Itapoa, Reserva Volta Velha, 04 de julho de 2012.

 

Existem registros deste animal nas seguintes cidades:

Itajai (1)
Itapoa (2)
Sem localização (6)
Registro mais recente: Em Brusque - 10/08/2013

Curiosidades

Ave símbolo da cidade de Timbó, Santa Catarina.

Diz uma lenda que o bem-te-vi, que sabe de tudo, costuma também anunciar visitas. Pergunta-se: ─ O que tu viste? Se ele responder imediatamente, é visita de homem; se demorar, é mulher que vem.

 

Dados Científicos

 


Classificação Científica:

Reino:  Animalia
Filo:  Chordata
Classe:  Aves
Ordem:  Passeriformes
SubOrdem:  Tyranni
Parvordem:  Tyrannida
Superfamília: Tyrannoidea, Vigors, 1825
Família: Tyrannidae, Vigors, 1825
Subfamília: Tyranninae,  Vigors, 1825
Espécie:  P. sulphuratus
Nome Científico: Pitangus sulphuratus, (Linnaeus, 1766)
Nome em Inglês: Great Kiskadee

 

Ocorrências